Mais gente morre fazendo selfie do que atacado por tubarão

Uma equipe de pesquisadores na Índia fez um levantamento para descobrir quantas pessoas morreram tirando uma selfie no mundo. E o resultado dessa pesquisa revelou que em seis anos, mais de 250 pessoas conseguiram essa proeza.

De acordo com o jornal americano The Washington Post, a equipe de pesquisadores registrou 259 mortes nos últimos anos relacionadas a esse tipo de ação dos tempos modernos. O levantamento foi feito por extensas pesquisas de notícias que relacionam as fotografias com acidentes fatais, diz o Terra.

Para ter uma comparação, segundo a FranceInfo, os tubarões, que são tão temidos, são a causa de “apenas” seis mortes por ano. Um exemplo desse perigo foi registrado na Índia, quando um policial florestal lidava com uma cobra enorme, e uma pessoa pediu a ele se poderia esperar, para tirar uma selfie.

“Não estava com medo, se entrasse em pânico poderia ter sido fatal”, disse o guarda florestal que segurava uma cobra píton enquanto uma pessoa pediu para tirar uma selfie.

Mas nem todo mundo tem essa mesma sorte. As conclusões do estudo revelam que as vítimas são geralmente jovens (idade média de 23 anos) e do sexo masculino (72,5% dos mortos).

A Índia tem o maior número de fatalidades, seguida pela Rússia, Estados UnidosPaquistão. Afogamento, acidentes de transporte e quedas são as principais causas de morte.

Essas informações servem para que as pessoas acordem e prestem atenção antes de tirar uma selfie. Afinal, o que mais vemos atualmente são pessoas andando olhando para o celular, sem qualquer atenção para a sua volta. Na rua ou em qualquer lugar. O resultado pode ser fatal.

25/01/2019