PF faz buscas em endereços ligados ao Presidente do PP

A Polícia Federal cumpre na manhã desta sexta-feira, 22, mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao senador Ciro Nogueira (PP-PI). A operação foi batizada de Compensação e inclui duas residências e duas empresas relacionadas ao político, que é presidente nacional do PP.

Os mandados foram autorizados pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A investigação é baseada nas delações premiadas do grupo J&F e, segundo a PF, estão relacionados à compra de apoio político para as eleições de 2014, revela o MSN.

Em delação, os executivos da empresa relataram ter pago 43 milhões de reais a Ciro Nogueira em troca do apoio do PP à candidatura da então presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição em 2014. De acordo com a PGR, 5 milhões de reais teriam sido pagos em dinheiro vivo a um intermediário do senador, enquanto o restante foi simulado em doações oficiais às campanhas do partido no último pleito.

22/02/2019