Regularização de empreendimentos turísticos cresceu 60% este ano, se comparar com 2018

O bom momento vivido pelo turismo em Alagoas segue fomentando o surgimento de novas empresas no setor. Prova disso é o crescimento de 60% no número de empreendimentos registrados no Cadastur (Cadastramento dos Prestadores de Turísticos) em 2019, no comparativo com o ano anterior.

No total, 1365 empreendimentos foram regularizados junto ao Cadastur, enquanto que no mesmo período do ano passado este número era de 849. Os dados são da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) de Alagoas, entidade responsável a nível estadual pelo Cadastur, programa do Governo Federal para regularização dos empreendimentos turísticos.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, este resultado é mais um indicativo do trabalho de mobilização da Sedetur, que durante todo o ano esteve com equipe técnica em campo, passando por todas as regiões do Estado, mobilizando empresários e representantes do poder público municipal sobre a importância desta regularização, que era um dos itens indispensáveis para o município ingressar no Mapa do Turismo Brasileiro.

“Este resultado é um reflexo do crescimento e, sobretudo, amadurecimento da atividade turística em Alagoas, fruto de ações conjuntas de toda a cadeira produtiva do setor. Estes esforços conduzidos pelo Governo do Estado em regularizar a atividade, também vieram acompanhados de todo o trabalho macro de ampliação da malha aérea, promoção do Destino e fortalecimento da rede hoteleira como um todo”, salienta.

Números totais também cresceram

O número total de ações do Cadastur – além de cadastro e renovação -, também cresceu na ordem de 60% no comparativo com o ano passado. Ações como alteração, quando o empreendimento expande seu tamanho, e implantação, quando ainda está em obra, mas já precisa da legalização, aumentaram significativamente. O primeiro saiu de 128 em 2018 para 212 em 2019, enquanto o segundo passou de três para cinco neste ano. Já o número de cancelamentos, quando um empreendimento deixa de existir, diminuiu, passando de 53 para 32 do ano passado para cá.

“Os dados detalhados, que mostram empreendimentos que aumentaram de tamanho e que estão construção, também cresceram. Este trabalho de conscientização do empresariado pela regularização dos estabelecimentos é realizado em parceria com as entidades parceiras do Governo, como ABIH, Abrasel e os conventions de Maceió e Costa dos Corais, que tem um papel fundamental nesta crescente”, completa o superintendente de Turismo da Sedetur, Paulo Kugelmas.

Sobre o cadastro

Executado pelo Ministério do Turismo (Mtur), em parceria com os órgãos oficiais de Turismo em cada estado, o Cadastur é o sistema de cadastro de pessoas jurídicas que atuam no setor. Ele garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados, como incentivo à participação em programas e projetos do Governo Federal, visibilidade nos sites do Cadastur e acesso às linhas de crédito com juros mais atrativos.

O cadastro é gratuito e, em Alagoas, é realizado pela Superintendência de Turismo da Sedetur, localizada na Avenida da Paz, 1108, no bairro do Jaraguá, em Maceió.

30/12/2019